O QUE VOCÊ PROCURA?

Cadeirinhas estão suspensas para vans

Contran suspendeu exigência do dispositivo para transportar crianças em vans com cinto de duas pontas apenas


O uso de cadeirinhas para transporte de crianças até  sete anos e meio está suspenso pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A decisão foi publicada nesta quarta-feira (2) no Diário Oficial da União.

Segundo o texto do comitê executivo do órgão, a decisão levou em conta as dificuldades técnicas, econômicas e sociais para adaptar os veículos de transporte escolar mais antigos, que só têm cinto de segurança de duas pontas (subabdominal), ao uso das cadeirinhas à venda no mercado. Esses dispositivos são fixados apenas com cinto de três pontos, como nos carros de passeio modernos.

O órgão, que está subordinado ao Ministério das Cidades, informou também que há necessidade de realização de estudos complementares para avaliar a efetividade da adaptação dos sistemas de retenção nos veículos em circulação.

Apesar de citar apenas veículos antigos, na prática, a regra libera qualquer van da obrigatoriedade. Isso porque todas as vans homologadas para transporte no Brasil não oferecem cinto de três pontos para ocupantes que vão atrás - apenas para motoristas e o passageiro da frente. Esses veículos são das marcas  Mercedes-Benz, Renault, Fiat, Citröen e Iveco.

O texto original, que obrigava o uso de cadeirinhas para realizar o transporte escolar, já havia sido alvo de muita reclamação. Os proprietários de vans escolares alegavam que isso reduziria a capacidade de transporte em 40% e que os carros já são seguros por serem adaptados, com bancos menores para crianças.

Estadão


VERIFIQUE A SITUAÇÃO DE QUALQUER VEÍCULO REGISTRADO NA PARAÍBA:

Copyright ® 2013
BR 230 - Estrada de Cabedelo - Rua Afonso Barbosa de Oliveira, 1681 João Pessoa – PB | CEP 58033-450 |
83. 2107-0800
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:Seg. a Sex: 8h às 18h Sáb: 9h às 14h.